Embora pareça que essa seção não tenha nada a ver comigo hoje, o skate teve uma importancia muito grande na minha história. Em 1989, quando eu comecei a fotografar, o skate passava por uma radical mudança. Planos economicos deixaram o skate na lama, e isso fez com que os velhos praticantes parassem de andar e uma nova geração surgisse. As revistas antigas deixam de existir tambem, e os fotografos especializados no carrinho sumiram com os veiculos. Fiz meus primeiros clicks para o informativo SKT News, que nem chegou a publicar e acabou tambem. Tudo relacionado a skate naquela epoca parecia um caos fardado a um triste fim. Mas foi nesse caos que tive a minha primeira chance.

Em 1991, com o inicio da Revista Tribo Skate, tive a oportunidade de fotografar pessoas que hoje são grandes nomes do skate mundial, quando ainda estavam começando, e fazer parte da historia do esporte de alguma maneira.

Em 1995, surge uma segunda revista no seguimento, a 100% skate. Ali mais um tabu quebrado. Um anuncio da URGH, tendo uma modelo com os seios a mostra. Com isso, me torno o unico fotografo a ter foto publicada nas duas edições #01, das revistas nacionais de skate, mais importantes do pais.

Abaixo voce pode ver algumas imagens que considero importantes daquela epoca, alem de outros momentos históricos, a 1a. Mega Rampa em São Paulo, realizada em 2008, e algumas imagens feitas na edição de 2011.



Veja o Lá em Casa, que mostra a influencia do skate no meu trabalho 20 anos depois.